Régua

quinta-feira, 9 de abril de 2009

FELIZ PASCOA A TODAS
Este lindo selinho ganhei do blog desafio das Estaçoes por ter enviado minha historia!!!!

Minha Historia
Fui criada por minha avó a qual chamava de mãe,
brigávamos muito, duas pessoas de
temperamentos extremamente fortes ,
tenho comigo que mediamos forças.
Minha família fala que eu era a neta predileta dela,
vai entender,
logo eu que brigava tanto com minha avó, mãe e madrinha,
no passado era normal os avos batizarem os netos.
Alias sou uma mulher hiper; mega; ultra batizada
( Já fui batizada na católica, Umbanda, Candomblé
e hoje sou evangélica há 12 anos)
como diria minha amiga Taty ,abafa o causo ,sem comentários.......rs
Na minha infância era uma criança magricela
a ponto de tomar biotômico Fontoura, este medicamento
é fortificante e antianêmico criado no ano de 1910
pelo farmacêutico brasileiro Cândido Fontoura.
Minha mãe avó dizia que o biotonico era para abrir o apetite.
Permaneci magra até a minha 03 gestação o que significa
que minha estréia na obesidade se iniciou há exatamente 18 anos
que é a idade do meu caçula. No inicio digo após o parto cheguei aos 82 kg,
foi quando fiz loucuras para eliminar 12 kg ,como disse antes fui muito magra
mas após meu segundo filhocheguei pesar 70kg
nesta época me achava uma mulher gostosa.
Por ilusão e falta de conhecimento entrei numa roda de fogo sem volta,
comecei pelos remédios manipulados, fortíssimos lembro-me
que estes medicamentos me deixavam com a boca amarga
e um mau hálito terrível, insônia, irritabilidade e ate corrimentos.
Eu cheguei a pesar 70 kg por inúmeras vezes,
só que ao parar com a medicação dito período de manutenção
eu engordava tudo novamente e um pouco mais,
esta luta cega e louca diria transloucada durou anos
na ansiedade de eliminar 10kg adquiri 30kg
cheguei a pesar 102 kg hilário né!!!
Sinto-me encarcerada na casa dos obesos,
é serio me sinto uma prisioneira
dos maus costumes da forma errada
de me alimentar das falsas justificativas
chego a falar que eu não como muito........rs
não sei porque não emagreço,
mas quando comecei anotar tudo
o que levava na boca percebi o grande
engodo eu como muito sim e muito errado,
como até as emoções!
Preciso de ajuda preciso sair deste círculo vicioso de altos e baixos
desta gangorra onde perco peso mas logo os encontro,
de uma coisa tenho certeza nunca mais drogas/remédios
preciso de estímulo de apoio não de criticas porque não é fácil,
mesmo porque não sou chegada em atividades físicas
e sou facilmente dominada pela comida.
Por estas razoes estou aqui na luta contra a obesidade,
gostaria muito de contar com todas as participantes
deste desafio que trocassemos figurinhas
visitássemos uma as outras e expormos nossas dificuldades.
Como disse a Roberta somos 72 inscritas
teríamos muitos conhecimentos para trocarmos!
Bjs
Rogeria.

6 comentários:

  1. Eu também nao quero emagrecer e engordar denovo. Remedio NUNCA mais. Foram eles que me fizeram engordar muito. Adorei a sua historia.
    Feliz Pascoa.

    ResponderExcluir
  2. oi Ro... nossa, anotar tudo acaba mostrando o que realmente comemos né ? ... eu também estou anotando novamente e me assusto quando conto os pontos de tudo o que comi num dia..
    Vou para academia agora, preciso queimar o ovo de pascoa de devorei
    bjs e boa semana
    andreiamagra.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Bom ler um pouco mais sobre vc, conhecer ainda mais minha companheirinha querida.
    Gostei de ver! Está engajada, disposta a firmar ainda mais o passo p/ se livrar dos kg extras que, definitivamente, não lhe pertencem. Eles só ESTÃO aí temporariamente. Vc é guerreira, vá em frente, para vencer. Respondendo ao seu comentário no meu último post: amiga, as pesagens periódicas são importantes, necessárias p/ ficarmos no controle. A exposição da pesagem é algo que cada um é que sabe, a cada momento, se o beneficia ou não. É questão de momento mesmo de cada um. Eu estou nesta estrada há 6 anos, levei quase 4 anos p/alcançar minha meta, alcancei, emagreci 53kg e a reguinha está lá em cima no blog mostrando de onde saí e onde cheguei. O meu momento atual é de renovação contínua, conforme citei, p/me manter atenta, reeducada e cada vez melhor. Mas falho e com isso oscilo, estou fora do meu peso ideal, às vezes c/ 5 kg extras, cheguei a ter 10 kg extras, sendo que geralmente tenho variado entre 7 a 8 kg a mais do meu ideal. Não acho mais significativo, principalmente p/ mim e quem me acompanha, ficar relatando cada variação de peso, a cada período e sim o esforço, o investimento, o carinho, a atenção contínua, fruto de tudo que aprendi e aprendo a cada dia de processo e de vida. Mas é momento. Pense direitinho no que realmente AGREGA a você. Não por constrangimento com o que alguém vai pensar ou deixar de pensar, pois o processo é SEU. Mas para agir coerentemente com o que lhe ajuda, o que a leva para a frente ta? Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  4. Rô,
    Nós sabemos pq não emagrecemos.
    Não queremos mudar a rotina.
    Mas vai dar tudo certo.
    Com determinação e um pouco de paciência os kilinhos irão embora.
    Vc viu o exemplo da Beth,certo.

    Também sou ultra batizada!
    (católica,candomblé,evangélica,católica)
    Abafa!

    Tudo de bom!
    Beijaum

    ResponderExcluir
  5. Estou reenaugurando o meu cantinho ,por isso estou passando nos blogs amigos,para oferecer o selinho emagrecendo com saúde e blog 100% amigo
    Espero que goste!!!
    Beijos carinhosos
    da amiga Cris Cute Harrigan

    http://charrigan.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Rogéria, não participo do desafio, mas pode contar comigo...
    Sua história é muito diferente da minha pq eu sempre fui gordinha, com 11 anos já fazia acompanhamento nutricional e etc...
    Grande beijo e sucesso!

    ResponderExcluir